Quais tipos de suplementos de carboidratos no mercado de suplementos?

Dextrose

Carboidrato simples, extraído a partir do amido de milho, possui alto índice glicêmico, e portanto rapidamente absorvida levando à um pico da glicemia, o que não é interessante durante o treino. Por este motivo a dextrose não é usada só, em suplementos prontos está associada à outros carboidratos. Pode ser usada em atividades física aeróbicas de longa duração.

Maltodextrina

Carboidrato complexo, extraída do amido do milho. Possui alto índice glicêmico e rápida absorção para gerar energia, ela é responsável por aumentar o índice de glicose nas células. É indicada para pessoas que praticam atividades físicas aeróbicas de alta intensidade e longa duração e também para quem faz musculação. Pode ser usada no pré treino na forma de pó diluído em água, durante o treino na forma de sachê de gel, e ainda no pós treino em pó para diluição em água.

Waxy Maize

Carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, é extraído de um tipo uma espécie de milho, constituído por 70% amilopectina e 30% de amilose. Tem sua digestão lenta (culpa da amilose dessa vez) e sua absorção, consequentemente, é mais lenta que a da maltodextrina, com menor índice glicêmico. Pode ser usado em treinos aeróbicos e anaeróbicos de longa duração.

O Waxy Maize tem se mostrado uma opção de fornecimento constante de energia, com uma digestão mais lenta ou mais gradual, e com um fornecimento de energia mais constante, fundamental, por exemplo, para dietas de controle de índice glicêmico, ou para exercícios prolongados. Ou ainda, para aquela suplementação que você toma, horas antes de ir para a academia.

D Ribose

Carboidrato simples de rápida absorção pelas células, sem gerar picos glicêmicos, é encontrado naturalmente nos alimentos. Participa da formação do DNA (ácido desoxirribonucleico), do RNA (ácido ribonucleico), da ADP (adenina difosfato), do AMP (adenina monofosfato), e do ATP (adenina trifosfato). Este último um dos mais importante para os atletas. O ATP é o que gera energia. A D-Ribose fornece substrato para a produção de ATP, evitando que o desempenho diminua durante a atividade física de longa duração a alta intensidade.  Proporciona uma recuperação mais rápida pós treino, evitando a fadiga. A D-Ribose pode ser usada diluída em água e consumida imediatamente antes de iniciar o treino. Também é recomendada para pessoas com insuficiência cardíaca, por melhorar a produção de energia.

Resumindo benefícios:

  • AUMENTO DE ENERGIA PRÉ E PÓS-TREINO
  • RÁPIDA REPOSIÇÃO DE ATP
  • PRESERVAR OS NÍVEIS DE ENERGIA CELULAR

O uso de D-ribose por pacientes diabéticos deve ser acompanhado por médico uma vez que podem ocorrer situações de hipoglicemia. Para evitar esses quadros, a utilização de D-ribose associada à alguma outra fonte de carboidrato, como a Palatinose, é efetiva.

COMO UTILIZAR?

Recomenda-se a adição de um (1) colher medida (5g) ou um sachê de 5 gramas em aproximadamente 250ml (1 copo) de água e misture com auxílio de uma colher até a total homogeneização. Na fase de saturação, tomar 5 gramas antes da atividade física e 5 gramas após a atividade física, ou conforme orientação de médico ou nutricionista. Para uso contínuo, tomar 5 gramas diariamente. A D-Ribose é bem absorvida, levemente adocicada e extremamente solúvel, podendo ser administrada na forma de pó puro para diluição em água ou sucos.

QUANDO NÃO DEVE SER UTILIZADO?

Seu uso por diabéticos e por pacientes com hiperuricemia (excesso de ácido úrico no sangue) deve ser acompanhado por um médico, pois se sabe que situações de hipoglicemia e aumento nos níveis de ácido úrico podem ocorrer com a administração da D-Ribose.

Palatinose ou isomaltulose

Carboidrato resultante da transformação enzimática da sacarose em um carboidrato resistente à metabolização. Possui baixo índice glicêmico, é facilmente digerida e absorvida, no entanto não fera picos glicêmicos, isso fornece energia de forma gradual por um intervalo de tempo maior. A palatinose, aumenta a utilização de gordura corporal como fonte de energia durante o exercício. Nenhum outro carboidrato tem essa função.

Em exercícios de longa duração e alta intensidade a palatinose aumenta a resistência e diminui a exaustão, retardando ainda a fadiga.  É um dos melhores carboidratos para treinos disponíveis atualmente. Deve ser consumido imediatamente antes de iniciar o treino.

Suplementos 4:1

É uma combinação de carboidratos com proteínas. Normalmente com Palatinose, D-Ribose, Waxy Maize e Maltodextrina com whey protein isolado. Esse blend ainda possui vitaminas, minerais e antioxidantes. Promove uma melhor recuperação pós treino, repõe o glicogênio muscular de forma rápida e eficaz, evita a perda de musculatura. Geralmente se indica logo após o treino e para aqueles de longa duração ou de alta intensidade.

Consulte sempre seu nutricionista e viva a individualidade bioquímica.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Telegram
Email