O Kombucha é uma bebida preparada a partir da infusão ou decocção de plantas – como a Camellia sinensis – em associação a uma colônia bacteriana de Kombucha, conferindo atuação probiótica em nosso organismo.  

Além da presença de bactérias probióticas, os compostos fenólicos da bebida também são responsáveis pelo efeito benéfico na saúde intestinal. Um recente estudo mostrou que a concentração de compostos fenólicos – especialmente a catequina – exerceu efeito bactericida, mediado por danos nas membranas das bactérias patogênicas, potencializando o efeito modulador da microbiota.

Em estudo experimental mostrou que a administração de Kombucha, além de reduzir o estresse oxidativo, reduziu as concentrações de colesterol total e melhorou as atividades do fígado e dos rins.

Embora ainda não seja evidente a atuação do kombucha em estudos clínicos, sabe-se que seus efeitos metabólicos podem ser interessantes para melhora da saúde intestinal e redução do risco de doenças, quando seu consumo for associado a bons hábitos alimentares e de vida.

O kombuch também têm um papel importante no nosso humor. Várias funções são melhoradas, como a regulação da absorção de nutrientes e a liberação de serotonina, que o podem ser grandes aliados para melhora do bem-estar.

Apesar de ser comum ver a mente e o corpo como dois elementos separados, a realidade é que ambos têm uma relação muito próxima. Comer ou tomar alimentos com propriedades probióticas pode ser uma das melhores maneiras de ter um humor mais positivo e agilizar o funcionamento de nosso cérebro.

Vamos aprender a fazer kombucha?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Telegram
Email